PALCO GIRATÓRIO TRAZ OFICINA E ESPETÁCULO DE DANÇA PARA FLORIANO

22/07/2010 - 09h55min
ampliar Oficina em Floriano nesta Sexta feira 23 de julho Oficina em Floriano nesta Sexta feira 23 de julho

Palco Giratório traz espetáculo de dança ao Piauí O espetáculo será apresentado em Floriano e também nas cidades de Teresina e Parnaíba.


Como parte das atividades do projeto Palco Giratório, realizado pelo Sesc, além do espetáculo, também serão ministradas oficinas para profissionais da área, iniciantes e interessados em dança. A oficina ocorrerá no dia 23 de julho No teatro Maria bonita.

Depois dos espetáculos "ZERO" e "MAL ENTENDIDO", o Piauí vai receber o grupo Experimental que apresentará o espetáculo de dança "CONCEIÇÃO". A apresentação será dia 24 de julho, às 20 horas, no Teatro Maria Bonita. em Floriano.

Os ingressos estão sendo distribuidos gratuiamente no Sesc de Floriano. Vagas Limitadas.

Projeto Palco Giratório

O Projeto Palco Giratório, criado pelo Departamento Nacional do Serviço Social do Comércio (SESC) em 1998, representa um dos mais importantes Projetos de difusão das artes cênicas no Brasil e América Latina.

Com objetivo de descentralizar as apresentações teatrais e de dança dos grandes centros brasileiros, o projeto permite que a população tenha acesso a produções artísticas oriundas de várias regiões de forma gratuita ou com preços simbólicos. Incluindo em sua programação geral ações diversificadas como: intercâmbio, apresentações, debates, oficinas, mesas redondas, intervenções e experimentação regional.

Grupo Experimental- Histórico

Com uma pesquisa de linguagem em dança contemporânea consolidada, o Grupo Experimental é uma das companhias mais atuantes e reconhecidas de Pernambuco. O Experimental tornou-se uma referência em dança no Nordeste brasileiro, alcançando também a projeção nacional dos seus trabalhos. Fundada em 1993 em Recife, a companhia adota um perfil que traduz o nome que leva, tendo a experimentação e a interação com diferentes linguagens artísticas como base de seu trabalho.

A partir de 1997, com o espetáculo Zambo, o Grupo Experimental consolida uma identidade própria, enraizado na cultura local, mas sempre contaminada com a atualidade da dança e das artes contemporâneas. Na sua trajetória, destaca-se a participação do espetáculo Quincunce no XIII Danza Nueva - Festival Internacional de Lima, no Peru (2001); e a temporada de Zambo no V Festival Internacional de Danza "FRAGMENTOS DE JUNIO 2006" , em quatro cidades do Equador. Criado em 2002 e remontado em 2006, o espetáculo Lúmen foi aprovado na Caravana Funarte/Petrobrás, e realizou sua turnê nacional em 2007.

Montagem mais recente do Experimental, Conceição, teve financiamento do FUNCULTURA e do prêmio Klaus Vianna, da Funarte/Petrobrás. Com este espetáculo, o Experimental realizou em 2008 uma turnê nacional, passando pelas seguintes cidades: Garanhuns (PE), Petrolina (PE), São Luís (MA), Caicó (RN), Ipatinga (MG), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), São José do Rio Preto (SP), Santo André (SP), Sorocaba (SP) e São Paulo (SP). O espetáculo Conceição também cumpriu temporada em maio de 2009 em Salvador (BA), na programação do Festival do Teatro Brasileiro- Cena Pernambucana. Em 2009, o Experimental realizou sua primeira circulação na Europa, com os espetáculos Zambo e Conceição, em comemoração aos seus 15 anos, financiado pelo FUNCULTURA. A primeira turnê européia incluiu apresentações em Barcelona, Espanha; Lisboa, Portugal; Ciampino e Roma, Itália.

Além da carreira como companhia profissional de dança, o Grupo Experimental realiza também projetos de formação e capacitação em dança como o Núcleo de Formação em Dança e o Núcleo de Dança na Comunidade, ambos voltados para adolescentes e jovens das periferias do Recife, e o Reciclarte, que traz nomes de destaque na dança brasileira para oferecerem cursos teóricos e práticos gratuitos aos profissionais de dança de Pernambuco.


Sinopses

CONCEIÇÃO (2007)

"Conceição: nome de mulher, nome de santa, nome de morro. Nome de criação: concepção, e nasce a vida, nasce o som, nasce a dança... Conceição, nome de fé". Deste "nome-mote" surge o mais recente espetáculo do Grupo Experimental, Conceição, resultado de um processo profundo de pesquisa na festa do Morro da Conceição que trouxe à tona a intrigante questão: o que move as pessoas que participam daquela celebração? Um questionamento matriz que se multiplica em várias outras perguntas. "No que vês, no que tocas, no que sentes? Naquilo em que acreditas, talvez? O que é o seu chão? O que é a sua fé?" São imagens fortes, chocantes: pessoas que "nadam o morro"; caminham de costas; joelhos que se arrastam pelas ladeiras até sangrar... Porém a dramaturgia de Conceição surge mais do sentimento e das sensações que movem estas pessoas e ressoam nos seus corpos do que em qualquer imagem icônica que caracterize a famosa festa recifense.

Sempre ambientado no universo urbano e, mais especificamente, na cultura da cidade do Recife, o Grupo Experimental mergulhou, dessa vez, nas crenças e no comportamento do seu povo. A proposta não é narrar a história da santa ou da festividade; e sim investigar a intersecção entre o sonoro, o gestual, os sentimentos, o visual e o simbolismo presentes na festa do Morro da Conceição.

ZAMBO (1997)

Um marco na história do Grupo Experimental, Zambo é também retrato de uma época e, mais especificamente, tradução em dança de um movimento que revolucionou o entendimento de cultura: o Manguebeat. No cerne dessa ideologia estético-musical, estava a idéia de uma produção artística que fosse ao mesmo tempo local e universal. Sentindo-se parte dessa geração mangue e comungando da idéia de potencializar as características da arte local conectando-a, ao mesmo tempo, as tantas referências internacionais da contemporaneidade, o Experimental começou a montar Zambo, ainda muito abalado pela perda do principal líder do Manguebeat, Chico Science. O que fazer com aquele legado por ele deixado? Como continuar desenvolvendo essa estética político-artística tão pernambucana e ao mesmo tempo tão mundial?

O nome Zambo é uma referência ao personagem Charles Zambohead, criado por Chico Science, e que viraria história em quadrinhos na internet. Inspirado no perfil traçado por Chico e também na própria performance cênica do intérprete-mor do Manguebeat, Zambo é um corpo em trânsito que habita no ambiente da tradição, mas é igualmente composto de uma movimentação contemporânea.

Com novo elenco, Zambo foi remontado em 2009, ganhando outras dinâmicas e elementos provenientes do histórico dos novos bailarinos, como por exemplo, a movimentação típica do cavalo-marinho. Afinal, a versão 2009 de um espetáculo montado pela primeira vez em 1997, só poderá ser uma nova leitura sobre o tema da pesquisa, ou seja, um novo olhar sobre o movimento manguebeat, doze anos depois da morte do seu principal expoente, Chico Science.

PARCEIROS

















Cultura Viva ao Alcance de Todos





















  MURAL DE RECADOS:
17/03/2014 às 06:44 h
João Reis: Muito bom esse concurso!
15/03/2013 às 19:40 h
Carlos: Gyselle com certeza vai arrasar!
02/03/2013 às 06:26 h
Rafaell : Gospel Mix de Volta
02/03/2013 às 06:25 h
Magali: Cada os Dj's Xandão e Momo aonde eles se encontram??
02/03/2013 às 06:24 h
fernando: Gospel Mix de volta
Págs.: 1 2  3 

  Deixe seu recado: