CINEASTA SERGIO BIANCHI PARTICIPA DE ENCONTRO DE CINEMA NO PIAUÍ

27/10/2010 - 15h23min
ampliar Sérgio Bianchi Sérgio Bianchi

O diretor Sergio Bianchi estará  no Piauí durante a realização do 5º Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões.


Sérgio estudou cinema em Curitiba e posteriormente em São Paulo, onde se formou na Escola de Comunicações e Artes da USP, em 1972.


Em 1979, estreou seu primeiro filme longa-metragem comercial: Maldita Coincidência. O filme é uma experiência cinematográfica de baixo-orçamento, filmada integralmente num casarão em São Paulo. A idéia do filme surgiu quando Bianchi viveu em uma casa ocupada em Londres. Com ele, moravam pessoas de todas as tribos: desde hippies, punks, imigrados de várias partes do mundo, junkies, artistas e homossexuais. A prefeitura de Londres permitia a moradia, mas não recolhia o lixo, que se acumulava no entorno da casa. O filme de Bianchi retrata esse momento, e o traz para a São Paulo do final dos anos 1970, auge da ditadura militar, em que a única opção do "underground" era o desbunde.


Em 1982, Bianchi realizaria o filme que o tornaria célebre como um cineasta de crítica mordaz à burocracia, à burrice institucional, às mazelas da sociedade brasileira: Mato Eles?. Ganhador do prêmio de melhor direção no Festival de Gramado e do Grande Prêmio do Festival de Cinema da Cidade do México, em 1985, o filme é uma denúncia da situação dos índios Xavante, Guaranis e Xetás, espremidos no meio de uma briga litigiosa entre o Grupo Slaviero, a Funai e o Governo do estado do Paraná. Expulsos de sua reserva, são obrigados à trabalhar no corte e extração de madeira de sua própria reserva, numa madereira criada pela Funai. Nem mesmo o próprio cineasta escapa da denúncia: a cena em que o cacique guarani pergunta ao diretor "quanto dinheiro ele ganha" pra filmar os índios pode ser considerada uma das mais emblemáticas do cinema brasileiro.


Em 1999, foi lançado o seu filme mais conhecido, Cronicamente Inviável, que aborda o caos social em diversas regiões e classes sociais do Brasil.


Finalmente, em 2004, dirigiu Quanto vale ou é por quilo? que traça um paralelo entre a situação do negro no Brasil, antes e após a escravidão e mostra que muito pouco mudou.


No 5º Encontro de Cinema, o Cineasta Sérgio Bianchi esta conncorrendo a categoria de melhor diretor com o Filme “Os Inquilinos” que  narra o processo paranóico que consome um empregado de um entreposto de frutas, Valter (Marat Descartes), depois que três jovens de índole suspeita se mudam para a sua vizinhança. No roteiro, Bianchi desconstrói todos os clichês dos filmes de comunidade do cinema brasileiro recente, atento mais a dilemas existenciais do que a questões sociais.


O Encontro abre novas portas para o cinema brasileiro, tornando-se definitivamente o maior evento do setor voltado a artistas estreantes. A quinta edição do Encontro conta com apoio da Petrobras, Ministério da Cultura, Secretaria da Cidadania Cultura, Governo Federal. Como realizadores o Pontão de Cultura “Cultura Viva ao Alcance de Todos” e Escalet Produções Cinematográficas.


Por Ligiane Duarte

PARCEIROS

























Cultura Viva ao Alcance de Todos













  MURAL DE RECADOS:
17/03/2014 às 06:44 h
João Reis: Muito bom esse concurso!
15/03/2013 às 19:40 h
Carlos: Gyselle com certeza vai arrasar!
02/03/2013 às 06:26 h
Rafaell : Gospel Mix de Volta
02/03/2013 às 06:25 h
Magali: Cada os Dj's Xandão e Momo aonde eles se encontram??
02/03/2013 às 06:24 h
fernando: Gospel Mix de volta
Págs.: 1 2  3 

  Deixe seu recado: