“A MAIS FORTE” RETORNA AOS PALCOS DO PIAUÍ E DO MARANHÃO

03/09/2013 - 13h56min
ampliar A MAIS FORTE A MAIS FORTE

De volta aos palcos, “A Mais Forte”, do grupo Escalet de Teatro, será apresentada este mês em Floriano, cidade a 250 km de Teresina, e em Barão de Grajaú, no Maranhão. Com direção de Alisson Rocha e texto deAugust Strindberg, o espetáculo conta com Laiana Correia, Iraci Costa, Neurene Gomes e Ahanna Kamila.


O espetáculo terá sua reestréia no feriado de 7 de setembro na Secretaria de Cultura em Barão de Grajaú, no Maranhão, e ainda será apresentada no dia 8 em Floriano-PI. Além disso, “A Mais Forte” integra a programação da abertura do 3º Festival Nacional de Teatro, no dia 18 do mesmo mês.


Em “A Mais Forte” montada pelo grupo florianense, duas atrizes ficam responsável pela sonoplastia, que é feita ao vivo de forma simples ao som de instrumentos como bumbo, tarol e pedras, acrescentando mais emoção ao dialogo construído por Senhora X e Senhorita Y, que na maioria das vezes causa intriga no publico. Cada personagem atua enriquecendo as cenas, que tem como cenários apenas banquinhos, peneiras, baldes e pedras.


“A Mais Forte” é uma das peças de câmara do sueco August Strindberg, escrita em 1889. A ação que se passa na década de 1880, em um café na cidade de Estocolmo, onde duas mulheres se encontram às vésperas do Natal. Ambas são atrizes e estão ligadas ao mesmo homem, uma é sua esposa, Sra. X, e outra, sua amante, Srta. Y. A primeira fala o tempo todo, enquanto a segunda permanece em silêncio. Trata-se de um jogo de ideias e de poder.


Para o diretor Alisson Rocha  “A Mais Forte é a oportunidade de mergulhar no universo feminino, sendo uma das formas de transcender de uma perspectiva para outra quando se analisa o eu de cada personagem da historia, o que mais impressiona é a visão holística que a obra nos oferece em relação a fidelidade”, afirma Rocha.


O que torna a montagem diferente de outras é o fato de possuir fragmentos literários extraídos da obra do August Strindbeg e obras de outros escritores, onde mulheres dividem o mesmo homem. A imobilidade forte de uma, agride e ultrapassa todos os limites das palavras fracas da outra. Dividir a mesma pessoa significa dividir os gostos, aromas e sensações. Não se sabe a quem está amando e qual é o ser amado. Uma pesquisa realizada pelos atores sem compromisso com a seqüência dos fatos mas que trás a lógica de cada cena. As intervenções sonoras completam o raciocínio, um espetáculo ao estilo  de Bertolt Brecht e que não se confina num palco podendo se transformar em qualquer situação.


“A Mais Forte” faz parte do projeto O INVERSO - DO INTERIOR PROFUNDO PARA O BRASIL contemplado pelo Premio Mirian Muniz 2012, é uma realização do Grupo Escândalo Legalizado Teatro por meio do Pontão de Cultura “Cultura viva ao Alcance de todos”,  tendo o apoio da Funarte, Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultura e Ministério da Cultura.


Por

Wanderson Diego

Biá Linhares
PARCEIROS

























Cultura Viva ao Alcance de Todos













  MURAL DE RECADOS:
17/03/2014 às 06:44 h
João Reis: Muito bom esse concurso!
15/03/2013 às 19:40 h
Carlos: Gyselle com certeza vai arrasar!
02/03/2013 às 06:26 h
Rafaell : Gospel Mix de Volta
02/03/2013 às 06:25 h
Magali: Cada os Dj's Xandão e Momo aonde eles se encontram??
02/03/2013 às 06:24 h
fernando: Gospel Mix de volta
Págs.: 1 2  3 

  Deixe seu recado: