PAIXÃO DE CRISTO – 2016 FÉ E EMOÇÃO NA MAIOR CIDADE TEATRO DO PIAUÍ

22/02/2007 - 09h05min
ampliar PAIXÃO DE CRISTO2016 PAIXÃO DE CRISTO2016

Nos dias 25 e 26 de março (sexta e sábado), acontecerá às 20h, no Teatro Cidade Cenográfica, segundo maior a céu aberto do Brasil, uma das mais belas histórias da humanidade a “Paixão de Cristo”, organizada pelo Grupo Escândalo Legalizado Teatro - ESCALET. Com 45 mil metros quadrados, quatro cenários construídos e sete naturais, localizada em Floriano/PI, município a 240 km de Teresina.


Fé e emoção definem o espetáculo que mostra a trajetória de Jesus do batismo à ressurreição. Considerada a mais consagrada e emocionante história da humanidade, atrai um público de todas as idades. Estima-se que a montagem do grupo ESCALET já foi vista por mais de dois milhões de espectadores em mais de 170 apresentações tanto no Teatro Cidade Cenográfica como em festivais e praças públicas do país. Além disso, ele é considerado o maior evento cultural do Piauí - um atrativo que movimenta o turismo local, com mais de 30 mil espectadores por ano. 


O evento está na sua 21° montagem com um elenco de estrelas, formado por 350 atores. Para enriquecer e valorizar ainda mais a encenação, o grupo conta desde 2002 com a participação de atores de projeção nacional, ao longo dos anos já estiveram presente artistas como, Claudio Herinch, Monica Carvalho, Dalton Vigh, Guilherme Weber, Caio Blat, Manoela do Monte, Camila Rodrigues, Patrícia Wernek, Marco Antônio Gimenez, Ricardo Pereira, Luciano Szafir, Thiago Fragoso, Alexandre Slaviero, Gustavo leão, Marco Pigossi, Tuca Andrada, Rafael Cardoso, Heitor Martinez e Gisely Soares, Carlos Casagrande, Marcela Barroso e Jackson Antunes, Luig Barriceli, Oscar Magrini e Elke Maravilha; interpretando papeis diferentes.


Em 2016, o espetáculo contará com a participação dos atores nacionais Kayky Brito, que irá viver o personagem Pilatos, governador romano que por volta de 33 foi enviado para Jerusalém com objetivo de pôr ordem à situação que havia se instalado na região, após a dominação do império romano. Em Jerusalém, Pilatos se depara com situações complicadas que vai desde a revolta do povo da Galiléia com os impostos cobrados por Roma até o surgimento de profetas como João Batista e Jesus nazareno. A situação imposta na trama, que é a maior encontrada na Bíblia Sagrada, leva o governador a lavar as mãos ante o julgamento de Jesus e este é Crucificado.


Armando Babaioff irá incorporar o personagem Caifás, um edomita judeu romano. Caifás foi participante de destaque no julgamento de Jesus organizado pelo Sinédrio; por ser um sumo sacerdote, ele também ocupava a posição de chefe da corte suprema. De acordo com os evangelhos Jesus foi preso pela guarda do Templo de Jerusalém, e foi levado diante de Caifás e outros, por quem foi acusado de blasfêmia. Após considerá-lo culpado, o Sinédrio entregou-o ao governador romano Pôncio Pilatos, por quem Jesus também foi acusado de sedição contra Roma.


A atriz Ana Rosa dará vida a Maria, mãe de Jesus, também conhecida como Maria de Nazaré e chamada pelos católicos e ortodoxos de Nossa Senhora, é a mulher israelita de Nazaré, identificada no Novo Testamento e no Alcorão como a mãe de Jesus através da intervenção divina. Maria teria vivido na Galileia no final do século 1 a.C. e início do século 1 d.C., é considerada pelos cristãos como a primeira adepta ao cristianismo.


Além de florianenses, o espetáculo atrai grande público de cidades vizinhas, como Teresina, onde grupos se organizam em excursões para assistir ao espetáculo ao vivo. Quem for à cidade em busca de uma experiência religiosa pode conferir não apenas a Paixão de Cristo, mas também a Igreja Matriz São Pedro de Alcântara, Capela Padre Pio de Pietrelcina, Igreja Nossa Senhora da Guia e Mosteiro das Monjas.


 Segundo o diretor do espetáculo, Alisson Rocha, o público ficará maravilhado com a estrutura completa que os espera em Floriano, como iluminação, figurino e atuações marcantes.


A Paixão de Cristo em Floriano conta com apoio da Secretaria de Estado de cultura do Piauí, Governo do Estado do Piauí, Prefeitura do Município de Floriano, Ministério da Cultura, Lei Rouanet de Incentivo a Cultura, Credshop, Drogarias Globo, São Jorge Supermercado, Comercial Carvalho, R. Damasio, Casas das Linhas, Ferronorte, Analise Contabilidade, Jeva/Rommanel, Armazém Paraíba e Fiat Santa Clara.


 


ELENCO CONVIDADO


 Kayky Brito, estreou em 1999 no SBT, na novela Chiquititas. Em 2002, foi para a Globo, onde desempenhou o papel do protagonista Zeca na novela O Beijo do Vampiro. Teve um maior desafio na novela Chocolate com Pimenta, onde desempenhou o papel de Bernadete/Bernardo. Em 2003 participou ainda no filme Xuxa Abracadabra.


Em 2004, participou na novela Começar de Novo e no ano seguinte apareceu em Alma Gêmea como Gumercindo. Em 2006, interpretou Nicolas em Cobras & Lagartos. Nos anos seguintes entrou em Sete Pecados (2007) e Três Irmãs em 2008. Teve ainda uma participação em Dicas de Um Sedutor e em Casos e Acasos. Em 2009, esteve no filme Na Rua 401.


Na novela Passione, desempenhou o papel de Sinval. Em 2014, volta às novelas em Alto Astral, como o médico Israel.


 Armando Babaioff é Formado pela Escola Técnica Estadual de Teatro Martins Penna e pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) em artes cênicas. Protagonizou, ao lado de Vera Fischer, o espetáculo "A Primeira Noite de um Homem", com direção, tradução e adaptação de Miguel Falabella.


Em 2006, estreou na televisão, na Rede Globo, na novela Páginas da Vida, de Manoel Carlos, com direção de Jayme Monjardim. Em 2008, interpretou em Duas Caras, de Aguinaldo Silva, e direção de Wolf Maya, o personagem Benoliel da Conceição e; em 2010/2011 viveu Thales Salmerón em Ti Ti Ti, remake de Maria Adelaide Amaral, com direção de Jorge Fernando. Participou de um episódio de as As Brasileiras, com direção de Daniel Filho, onde fazia Pedro, irmão da personagem de Ivete Sangalo, participou também da minissérie sobre a vida de Dercy Gonçalves, Dercy de Verdade de Maria Adelaide Amaral, onde interpreta Homero Kossak, o grande amor da vida de Dercy. Em 2013, volta às novelas, interpretando o personagem Érico, em Sangue Bom, formando par romântico com Regiane Alves, posteriormente com Letícia Sabatella. Em 2014, entra na novela Joia Rara, como Aderbal Feitosa, para formar um triângulo amoroso com os personagens de Luiza Valdetaro e Thiago Lacerda.


 Ana Rosa é oriunda de uma família de artistas, estreou aos vinte e dois anos na televisão interpretando a cigana Esmeralda na TV Tupi.[2] Trabalhou em diversas emissoras de televisão, entre elas Rede Globo e Rede Record. Em 1997, entrou para o Guinness Book como a atriz que mais fez novelas no mundo.[2]


No teatro, atuou em As lobas, Trair e Coçar É Só Começar, entre outras peças. Com a peça espírita (religião da atriz) Violetas na Janela, Ana e uma equipe de 25 pessoas ainda viajam pelo Brasil afora.


Em 2005 escreveu e publicou o livro Essa Louca TV e sua Gente Maravilhosa.


 


PAIXÃO DE CRISTO


O COMEÇO


A apresentação da Paixão de Cristo do Piauí começou em 1995 com o desejo do ator e diretor César Crispim de revitalizar os autos-religiosos através do teatro. 


Para atingir esse sonho, o Escândalo legalizado Teatro ministraram oficinas e seminários e, a partir daí, selecionaram o elenco para a primeira montagem. O resultado foi positivo e desde então o grupo já percorreu mais de 63 cidades do interior do estado e se apresentou em festivais de teatro no Paraná, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco e São Paulo. 


Em 2000, num ato de ousadia e esforço coletivo, o grupo iniciou a construção do Teatro Cidade Cenográfica, que no ano seguinte passou a ser o palco oficial da encenação. Era tudo o que precisavam para crescer ainda mais e tornar a apresentação mais brilhante. Para ganhar prestigio e repercussões nacionais resolveram dar uma dimensão mais grandiosa à montagem convidando artistas consagrados e famosos para atuarem no espetáculo.                                    


ATORES QUE PARTICIPARAM


2002 – Claudio Herinch (Pilatos) e Monica Carvalho (Salomé)


2004 – Caio Blat (Pilatos)


2005 – Dalton Vigh (Pilatos)


2006 – Marco Antonio Gimenez (Pilatos) e Guilherme Weber (Caifaz)


2007 – Gabriel Wainer (Pilatos) e Camila Rodrigues (Salomé) 


2008 – Caio Blat (Pilatos) 


2009 – Guilherme Weber (Pilatos) e Manoela do Monte (Salomé)


2010 – Marco Pigossi (Pilatos) e Ricardo Pereira (Herodes) 


2011 – Luciano Szafir (Pilatos), Thiago Fragoso (Herodes) e Debora Lyra (Salomé)


2012 – Alexandre Slaviero (Pilatos) Gustavo Leão (Herodes) e Deborah Kalume (Salomé)


2013 – Tuca Andrada (Pilatos), Heitor Martinez (Caifás), Rafael Cardoso (Herodes) e Gisely Soares (Madalena).


2014 – Casagrande (Pilatos), Marcela Barroso (Madalena) e Jackson Antunes (Caifás)


2015 – Luig Barriceli (Pilatos), Oscar Magrini (Caifás) e Elke Maravilha (Herodias). 


CIDADE DE FLORIANO (PI) 


A cidade de Floriano possui uma área de 3.676 km², está à margem do rio Parnaíba e é portal de entrada do sul e dos serrados do Piauí, a leste do Maranhão. Possui aproximadamente 55 mil habitantes e fica 243 km de distância da capital, Teresina. O clima é tropical e semi-árido, com temperatura media anual de 27º. 


Outro destaque é a produção cultural da cidade que através de grupos artísticos, como o ESCALET, ensinam, apoiam e desenvolvem teatro, dança, folclore, entre outras manifestações culturais da região. 


Os principais pontos turísticos religiosos são: Igreja Matriz São Pedro de Alcântara, Igreja Nossa Senhora da Guia, Capela Padre Pio de Pietrelcina e Mosteiro das Monjas Concepcionistas. Já no roteiro ecológico, atrações naturais como balneário Manga, passeio de barco no rio Parnaíba e trilhas ecológicas. 


Floriano é centro comercial de uma região de 58 municípios dos estados do Piauí e Maranhão, região com população estimada em 600 mil pessoas. É pólo educacional com cinco instituições de ensino superior que oferece mais de 40 cursos; e pólo de saúde com uma das melhores estruturas do interior do estado.


 


ESCALET, DESDE 1987 


 


HISTORICO


 


O Grupo Escândalo Legalizado Teatro foi fundado em 1987 por jovens da cidade de Floriano, no Piauí. O grupo, ao longo da trajetória de 26 anos, deu inúmeras contribuições culturais à região, desenvolvendo atividades socioculturais, realizando montagens de espetáculos teatrais e festivais de teatro e cinema.


 


Com muita persistência o grupo se mantém no cenário artístico do Piauí; promovendo, de forma ativa e permanente, o crescimento da cultura no Estado. O objetivo principal do grupo é realizar atividades socioculturais com crianças e adolescentes, para mantê-los fora da zona de risco.


 


Sentindo a necessidade de contribuir com o crescimento dos artistas locais, o grupo resolveu profissionalizá-los. Como proposta, iniciou uma série de oficinas: iniciação teatral, corpo, voz, interpretação, dramaturgia, direção, figurino e maquiagem.


 


Para consolidar o teatro no Estado e para reunir os artistas que surgiram ao longo das oficinas, o grupo implantou o projeto “Cultura Viva ao Alcance de Todos”, funcionando diariamente no Teatro Cidade Cenográfica. O Projeto atende mais de 600 crianças, jovens e adolescentes por ano nos cursos de teatro, cinema, dança, cultura popular, artes plásticas e literatura. 


 


PROJETOS SOCIAIS, CULTURAIS E EDUCATIVOS


O Escândalo Legalizado Teatro foi fundado em 1987 por jovens da cidade de Floriano, no Piauí. O grupo, ao longo da trajetória de 29 anos, deu inúmeras contribuições culturais à região, desenvolvendo atividades socioculturais, realizando festivais de cinema, espetáculos e mostras de teatro. 


Em 1992, sob a direção da atriz Lorena Campelo, o grupo estreou a primeira montagem teatral em Teresina, A Árvore dos Mamulengos, de Vital Santos. Em 1996, com a peça Divina Comédia Humana, César Crispim foi escolhido como ator revelação na XIV Mostra de Teatro do Piauí. 


É com muita persistência que o grupo se mantém no cenário artístico do Piauí promovendo, de forma ativa e permanente, o crescimento da cultura no estado. O objetivo principal do grupo é realizar atividades socioculturais com crianças e adolescentes, para mantê-los fora da zona de risco. 


 


FICHA TÉCNICA


 


Direção – Alisson Rocha


Texto – César Crispim


Produção Geral – Escândalo Legalizado Teatro 


Iluminação – Romero Saboia


Sonoplastia – Alisson Rocha


Operador de Som – Maykon Chyna


Cenários – Iraci Costa e Lazaro Alexandre


Figurino – Socorro Lima e Lazaro Alexandre


Adereços – Socorro Lima e Iraci Costa


Cabelo e Maquiagem – Rithelly Moura e Kassio Leal 


Coreografia – Raiane Alves 


Projeto Gráfico – Bruno Soares


Vídeo – ESCALET Produções Cinematográficas 


Gravação das Vozes – ESCALET Produções Cinematográficas e Estúdio Disco Voador (RJ) 


Fotos – Otavio Almeida, Renan Fernandes e Cris Santos (RJ)


Assessoria de Imprensa – GMP Assessoria, Karina Batista e Bia Linhares.


 


ELENCO


 


 


Jesus – Rithelly Moura


João Batista – Everk Amorim


Diabo 1 – Paulo de Tarso


Diabo 2 – Ceiça Oliveira


Diabo 3 – Kassyo Leal


Diabo 4 – Lazaro Alexandre


Pedro – Ednylson Henrique


André – Acássio Silva


Matheus – Welligton Pereira


Bartolomeu – Henrique Silva


Felipe – Antônio de Sousa


Tiago Maior – Francisco Pacheco


Tiago Menor – Valdeir Vieira


João – Rafael Sousa


Judas – Lazaro Alexandre


Tomé – Marnilson Ferreira


Simão – Brian Sousa


Tadeu – Alessandro Tavares


Jaira – Clara Lira


Menina Morta – Carla Cristina


Barrabás – Valdeir Vieira


Hemorrágica – Francilene Soares


Centurião – Carlos André


Endemoniado – Edson Ferreira


Paralítico – Gabriela Lira


Cega 1 – Ceiça Oliveira


Cega 2 – Karina Batista


Madalena – Deborah Sousa


Verônica – Iraci Costa


Fariseu 1 – Ronie Costa


Fariseu 2 – Kassyo Leal


Fariseu 3 – Walderlan Damasceno


Fariseu 4 – Francisco Ribeiro


Fariseu 5 – Ivanilson Vianna


Herodes – Nilson Ferreira


Herodias – Laiana Correia


Salomé – Neurene Gomes


Claudia – Beatriz Rocha


Lucio Catano – Alisson Rocha


Flavia Catano – Juliana Silva


Testemunha – Aldenir Miranda


Criada 1 – Aldenir Miranda


Criada 2 – Carla Patrícia


Ladrão 1 – Henrique Silva


Ladrão 2 – Ivanilson Viana


Generais Romanos – Renilton Araújo e Wanderson Felipe


Dançarinas (o) – Roseane Sousa, Natali Reis, Laise Perón, Kassyo Leal, Raiane Alves e Tarso Tapety.


 


SERVIÇO


 


PAIXÃO DE CRISTO 2016


Dias: 25 e 26 de março de 2016 a partir das 20h. 


Local: Teatro Cidade Cenográfica - Rodovia PI - 05 n. 2747 – Bairro Santa Rita – Floriano/ Piauí - CEP: 64.800-000.


Tel.: (89) 3522-0804 


Site ESCALET: www.paixaodecristopi.com.br 


E-mail: grupoescalet@yahoo.com.br


 


 


CONTATOS


 


Assessoria de Imprensa Região Sudeste


GMP Assessoria de Imprensa


www.gmpassessoria.com.br


 


Assessoria de Imprensa no Piauí


Biá Linhares – bialinhares@hotmail.com


Tel.: 55 86 9419 3667


 


Assessoria de Imprensa Teatro Cidade Cenográfica 


Karina Batista – karinabatista31@yahoo.com.br


Tel.: 55 89 9428 0034


 


Grupo ESCALET 


Tel.: 55 89 3522-0804


www.paixaodecristopi.com.br

PARCEIROS













Cultura Viva ao Alcance de Todos

























  MURAL DE RECADOS:
17/03/2014 às 06:44 h
João Reis: Muito bom esse concurso!
15/03/2013 às 19:40 h
Carlos: Gyselle com certeza vai arrasar!
02/03/2013 às 06:26 h
Rafaell : Gospel Mix de Volta
02/03/2013 às 06:25 h
Magali: Cada os Dj's Xandão e Momo aonde eles se encontram??
02/03/2013 às 06:24 h
fernando: Gospel Mix de volta
Págs.: 1 2  3 

  Deixe seu recado: