OS ATORES CAIO BLAT E GUILHERME WEBER PARTICIPARÃO DE FESTIVAL DE CINEMA

01/02/2010 - 12h36min
ampliar Guilherme Weber e Caio Blat Guilherme Weber e Caio Blat

Caio Blat já realizou diversos trabalhos em comerciais, televisão e filmes estreou na televisão na novela Éramos seis(1994), do SBT.Seu primeiro papel no cinema foi em  Caminho dos Sonhos(1988), de Lucas Amberg.Posteriormente participou dos filmes: Lavoura Arcaíca(2001), de Luiz Fernando Carvalho, Cama de Gato(2002), de Alexandre Stockler, Carandiru(2003), de Hector Babenco, Quanto vale ou é por quilo? (2005), de Sérgio Bianchi.


Em 2006, atuou nos filmes É proibido Proibir, de Jorge Duran; Batismo de Sangue, de Helvécio Ratton, e O Ano que meus Pais Saíram de Férias, de Cao Hamburguer, além do curta O Quintal dos Guerrilheiros(2006), de João Massarolo, selecionado para o Festival de Gramado.Participou Também  do longa Baixo das Bestas(2007),de Cláudio Assis.Em 2008, filmouBróder!, de Jerferson D. E gravou ainda os longas História de Amor, de Paulo Halm e Não se Pode Viver sem Amor, de Jorge Duran.


Guilherme Werber,  iniciou sua carreira nos palcos  em  1991  .Tem uma  sólida carreira  no teatro., cinema e televisão.Na TV realizou seu primeiro trabalho em o Anjo Caiu do Céu, numa participação especial. Posteriormente trabalhou, na novela Da Cor do Pecado em que contracenou com Giovana Antonelli, Malhação, Belíssima, Ciranda de Pedra e na minissérie Pequeno Imperador e Queridos Amigos.


No teatro trabalhou em espetáculos como “Baal Babilônia”, “Nostalgia”, “Os Incendiários”, “A Vida É Cheia de Som e Fúria”, "Alice", "Por um Incêndio Romântico" e “Os Solitários”.No cinema fez sua estréia no filme "Cruz e Souza – O poeta do desterro" (1998), de Sylvio Back. Voltou ao cinema em 2004, fazendo pequenos papéis em "Nina", de Heitor Dhalia, e "Olga", de Jayme Monjardim.


Em 2005, fez o papel principal de "Árido Movie", de Lírio Ferreira, que foi selecionado para o Festival de Veneza e ganhou seis prêmios no Cine PE – Festival do Audiovisual de Recife, em 2006.


Foi indicado ao Prêmio Shell de 2000 por sua atuação em “A Vida É Cheia de Som e Fúria”, espetáculo que lhe rendeu o Prêmio Poty Lazarotto de Melhor Ator (prêmio este conferido por voto pela classe artística de Curitiba).

PARCEIROS



Cultura Viva ao Alcance de Todos



































  MURAL DE RECADOS:
17/03/2014 às 06:44 h
João Reis: Muito bom esse concurso!
15/03/2013 às 19:40 h
Carlos: Gyselle com certeza vai arrasar!
02/03/2013 às 06:26 h
Rafaell : Gospel Mix de Volta
02/03/2013 às 06:25 h
Magali: Cada os Dj's Xandão e Momo aonde eles se encontram??
02/03/2013 às 06:24 h
fernando: Gospel Mix de volta
Págs.: 1 2  3 

  Deixe seu recado: