mais

[ Geral ]

Publicado em 30/05/2021 às 17h19 | 343 visualizações | |

Espetáculo “Francisco de Assis, irmão de todos” encerra o 9º festival Nacional de Teatro do Piauí

O Grupo Escalet de Teatro traz de volta em cartaz o espetáculo: Francisco de Assis, irmão de todos. De adaptação e direção de César Crispim. O enredo conta a história de São Francisco de Assis e suas peregrinações de pregações de palavras de amor, pobreza, humildade, fé e conversão a Deus

 

O Festival Nacional de Teatro do Piauí chegou, neste ano de 2021, à sua nona edição, foi totalmente gratuito e reuniu grupos de várias regiões do país. Por conta da situação pandêmica e seguindo as recomendações dos órgãos de saúde pública a organização do evento optou por um formato totalmente on-line, sendo os espetáculos teatrais exibidos em lives.


No encerramento do festival, 30 de maio (domingo), a programação conta com o espetáculo “Francisco de Assis, irmão de todos”, que é de realização do grupo Escalet de teatro, de Floriano (PI).
“Francisco de Assis, irmão de todos” completa 18 anos desde a sua primeira montagem, chegando a sua maior idade. “Neste ano, decidimos remontar o espetáculo com o elenco mais jovem do grupo e usamos como palavras-chave a humildade e simplicidade, assim como o próprio Francisco usou. Ao decorrer do espetáculo todos poderão conhecer a história desse homem de ideais fortes e as mudanças que ele causou na história”, afirma César Crispim, diretor do espetáculo.

 

A transmissão será no domingo (30/05) pelo canal de YouTube UFOPIAUI (https://youtube.com/c/UFOPIAUI), às 20h. A realização é do Grupo Escândalo Legalizado Teatro e do Teatro Cidade Cenográfica, com patrocínio da Lei de emergência cultural Aldir Blanc, dos prêmios Maria da Inglaterra e Afrânio Castelo Branco, do Sistema de Incentivo Estadual a Cultura/SIEC, Equatorial, do Governo do estado do Piauí e da Secretaria de cultura do estado do Piauí.

Comentários ()

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.